Dia de Finados
 
  • O culto aos mortos (mais precisamente dos que se encontram no Purgatório) foi estabelecido pela Igreja católica com o nome de Finados.

  • É comemorado no dia 2 de Novembro de cada ano, logo depois do dia de Todos os Santos (1 de Novembro).

  • No início não se comemorava nos cemitérios. Só com o tempo é que a festa evoluiu e se fez acompanhar com velas e flores nos cemitérios.

  • Sabias que o culto dos mortos existe em quase todas as culturas do mundo? Até nas que nunca ouviram falar umas das outras!

  • Em Portugal e noutros países da Europa, o Dia de Finados é celebrado com tristeza, pois recordam-se as pessoas de família e amigos que já morreram.

  • As pessoas vão aos cemitérios, deixam ramos de flores nas campas e acendem velas para iluminar os falecidos no caminho até ao Paraíso e mandam rezar missas em seu nome.

  • Sabias que as flores que se põem nas campas são, por tradição nesta altura do ano, os crisântemos?

  • Mais um pormenor muito mórbido (brrr) acerca do Dia de Finados e o Dia de Todos os Santos: o terramoto de 1755, aquele enorme que houve em Lisboa e que matou milhares de pessoas, foi no dia 1 de Novembro!

  • Imagina as pessoas nas igrejas, a rezar pelos seus mortos... Foi uma grande tragédia, e tudo isto fez com que as consequências do terramoto fossem ainda piores. Houve incêndios, pessoas soterradas, etc.

  • Mas existem países em que o Culto dos Mortos é comemorado de uma maneira completamente diferente.
    Por exemplo, no México, que também é um país católico, fazem uma festa enorme e alegre! Lê!

 


     
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.